\ Colégio Exodus Blog Oficial: Como pode ser entendida a brincadeira, segundo a psicanálise

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Como pode ser entendida a brincadeira, segundo a psicanálise

O homem é um ser social que precisa relacionar-se de maneira coerente com o seu meio ambiente, através de interações, objetivando o seu bem estar e dos outros. A criança como um ser em formação, participante deste meio social, precisa conviver saudável neste espaço de aprendizagem e de descobertas. E é através das brincadeiras que ela vai construindo as suas experiências, as suas descobertas, suas relações com o mundo, o seu conhecimento, seus sentimentos.


Segundo a Psicanálise, a brincadeira expressa a forma como a criança reflete, ordena, desorganiza, diverte -se, expressa-se, elabora teorias, faz de conta, , satisfaz necessidades e desejos, constrói e desconstrói o mundo a sua volta.

A criança também tende a colocar em suas brincadeiras tudo que as desagrada, pois na brincadeira ela não fica passiva como na realidade que vivencia, ela pode se tornar autora de como se... como ocorrerá na brincadeira... Por isso, o brincar é essencial, pois como mecanismo psicológico garante manter, um distanciamento e ao mesmo tempo uma aproximado do real.

Na brincadeira a criança é capaz de demonstrar sentimentos sejam eles bons ou ruins, de maneira natural, espontânea e dessa forma pode contribuir como meio de intervenção terapêutica, quando o psicopedagogo incentivar a aprendizagem através das brincadeiras.

Profa. Socorro Medeiros -
Texto apresentado ao Curso de Psicopedagogia da Universidade gama Filho - Brasília
Setembro de 2009

Nenhum comentário: